sexta-feira, 4 de outubro de 2019

SRM apresenta logo e tema da Expoingá 202



Feira irá valorizar um novo modelo de agronegócio, mais moderno, conectado ao mundo digital, de alta produtividade, qualidade e que conserva o meio ambiente


A Sociedade Rural de Maringá apresentou nesta terça-feira (1) à noite o tema e o logo da 48ª Exposição Feira Agropecuária, Industrial e Comercial de Maringá. “EXPOINGÁ 2020: Conecta você ao novo agro” é o tema escolhido para embasar todas as ações e projetos da feira, tendo como objetivo mostrar um agro inovador, ligado às novas tecnologias, que cresce, melhora em qualidade,  bate recordes de produção e tudo isso conversando a natureza.

O lançamento contou com a presença do prefeito Ulisses Maia, do vice Edson Scabora, secretários municipais, representantes da imprensa e diretores da SRM. “Este momento é para que a gente possa dar visibilidade à feira. O logo e o tema servem para embasar todas as nossas ações, projetos e campanhas publicitárias que já estão sendo iniciados neste momento”, esclareceu a presidente da entidade, Maria Iraclézia de Araújo.

Segundo Iraclézia, a Expoingá 2020 pretende mostrar que o agronegócio brasileiro vive hoje um momento sem precedentes em sua história. Um momento de desafios e oportunidades, num país dinâmico e biodiversificado.

“Um país de dimensões continentais com amplos recursos naturais (água, solo fértil, recursos florestais, reservas minerais e clima favorável), que nos coloca à frente de outros mercados internacionais e que passou por enormes transformações, da era da agricultura feita a mão, passando pela chegada das máquinas e da ciência, pela automação e mecanização, até a era digital, ao novo agro”, complementa.

O texto de justificativa do tema diz que o novo agro não é apenas tecnológico e inovador. É sustentável e contempla um manejo responsável dos recursos econômicos, ambientais e sociais, ao mesmo tempo em que é recordista de produtividade.

“Um agro cooperativista, profissionalizado, moderno, que lança uso do desenvolvimento tecnológico, biotecnologia, pesquisas e inovações científicas para produzir mais e com qualidade, entendendo que a natureza é parte vital para que o Brasil possa cumprir a sua missão de garantir o alimento das futuras gerações”, segue esclarecendo.  

Também faz menção à proteção da vegetação nativa e da biodiversidade. “O Brasil é o primeiro país em áreas protegidas, segundo dados do UNEP/WCMC/IUCN (Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente/Centro Mundial de Monitoramento da Conservação/Base de Dados Mundial de Áreas Protegidas), graças à liderança dos produtores rurais na preservação ambiental.”

Neste cenário de transformações, desenvolvimento e previsões superlativas é que a Expoingá 2020 chega com o compromisso de “conectar as pessoas ao novo agro e levá-las a conhecer uma nova realidade do campo”, diz Maria Iraclézia. Segundo ela, o tema foi cuidadosamente escolhido para “demonstrar a conexão entre tecnologia e sustentabilidade, entre o presente e o futuro, um futuro próximo de oportunidades que o novo agro proporciona para as próximas gerações”.

A Expoingá 2020 será realizada de 7 a 17 de maio, no Parque Internacional de Exposições de Maringá. Mais informações pelo telefone (44) 3261-1700.

sábado, 14 de setembro de 2019

Prefeitos da Amusep esperam ‘resposta positiva’ do secretário Sandro Alex para retomada de obras nas rodovias da região






“O governo do Estado tem sido sensível às reivindicações dos prefeitos. Esperamos encontrar uma solução para a retomada das obras de recuperação das rodovias, que cortam a nossa região.” A afirmação do presidente da Associação dos Municípios do Setentrião Paranaense (Amusep), prefeito de Atalaia, Fábio Fumagalli Vilhena de Paiva, resume a expectativa em relação ao encontro, da próxima terça-feira (17), com o secretário de Estado da Infraestrutura e Logística, Sandro Alex, e diretores do Departamento de Estradas de Rodagem (DER).

Uma comitiva de prefeitos das cidades da área de abrangência da Amusep e de deputados estaduais, com base eleitoral na região, será recebida pelos representantes do governo, na sede do DER, em Curitiba, a partir das 15 horas. Para o prefeito de Itaguajé, Crisógono Noleto e Silva Júnior, o Juninho, as rodovias se encontram em “estado de calamidade pública”. O prefeito de Ângulo, presidente do Consórcio Público Intermunicipal de Gestão da Amusep (Pró-Amusep), Rogério Aparecido Bernardo, destaca ser preciso uma ação emergencial para preservar as vidas das pessoas que precisam se deslocar pela região.

Insustentável

A prefeita de Flórida, Márcia Cristina Dall Ago, ressalta que, além do ser humano, a condição “crítica” da malha viária acumula um “prejuízo financeiro enorme” para os motoristas e empresários. “A frota do município tem ficado espalhada pelo meio do caminho”, acrescenta Tânia Martins Costa, de Lobato.

Ulisses Maia, de Maringá, um dos primeiros a confirmar a presença para o encontre de terça-feira, na sede do DER, em Curitiba, diz “todos perdem” com a paralização das obras. Manoel Abrantes Neto, o Nelinho, de Iguaraçu, semelhante aos demais mandatários, espera ouvir uma “resposta positiva” das autoridades governamentais. “Está insustentável. Tem prefeito que nem de casa sai para evitar ser cobrado pela população”, comenta.

In loco

Prefeito de Marialva, por dois mandatos consecutivos, entre 2009 e 2016, e presidente da Amusep, Gestão 2013, o assessor Especial da Casa Civil para o Noroeste do Estado, Edgar Silvestre, o Deca, foi o interlocutor dos prefeitos junto ao secretário para ajustar a agenda. “Uma das minhas funções é visitar os municípios. Nesta semana, percorri vários quilômetros e, até, o governador Ratinho Júnior (Carlos Roberto Massa Júnior) está ciente do cenário atual das nossas rodovias”, afirma.

Deca diz que o problema se agravou porque a empresa vencedora da licitação para executar o serviço abandonou a obra. O superintendente regional interino do DER, Victor Eduardo Antunes, informa que assunto está sendo tratado pela Diretoria do DER, que, em agosto, foi substituída pelo governador, e pelo Departamento Jurídico do órgão. Ele reforça que tanto o secretário Sandro Alex quanto Ratinho Júnior acompanham a situação de perto.

Reunião Mensal

A proposta de solicitar uma audiência com o secretário e diretores do DER foi feita durante a reunião mensal de prefeitos da Amusep, realizada no dia cinco de setembro, na sede da entidade, em Maringá, que contou com a presença dos chefes de núcleos e escritórios regionais do Governo do Estado. Na ocasião, as “estradas intransitáveis” dominaram o debate.

Por 
         

Cláudio Moreda Galleti


                                                              

IMPRENSA MAIOR DE SETEMBRO








sábado, 24 de agosto de 2019

PARA CONSELHEIRO TUTELAR DE SARANDI-PR


Às vezes você pensa, nunca vou precisar disso, para que vou lá votar?!
Convivemos no meio de crianças e adolescentes, vemos a violência entre pais e filhos, os maltratados contra crianças, o abandono de estudos, jovens na criminalidade... é essa sociedade que você quer para seu filho, neto, etc.?
Precisamos pensar no futuro de nossa cidade, na segurança e proteção do futuro de nossas crianças e adolescentes, precisamos lutar para que as leis sejam cumpridas e não apenas existidas...
Precisamos lutar pela educação, precisar lutar pelo direito da criança.
Mas, para realizar tudo isso, você precisa fazer sua parte, precisar eleger um conselheiro de responsabilidade que esteja disposto a lutar por esses direitos e não sendo apenas mais um na sociedade.

Estou aqui disposto a representar a sociedade na proteção e na garantia dos direitos de crianças e do adolescente. E para isso conto com seu voto!!!



quarta-feira, 14 de agosto de 2019

Restrição a agrotóxicos


O núcleo de Campo Mourão do Gaema (órgão do MPPR) enviou ofício à Agência de Defesa Agropecuária do Paraná para que notifique e advirta proprietários de áreas localizadas em regiões periurbanas para que se abstenham de aplicar agrotóxicos nos cultivos da safra de grãos que se iniciará em outubro. O objetivo é evitar problemas de saúde na população urbana que vive próximo a áreas de cultivo.

Veja texto completo no site: http://click.mppr.mp.br/noticiasmppr

Astorga: prisão de presidente da Câmara❗


Em Astorga, Norte Central do estado, foram presos em flagrante nesta terça-feira, 13 de agosto, o presidente da Câmara de Vereadores e um assessor de comunicação do Legislativo Municipal. Os dois foram detidos em operação realizada pelo Ministério Público do Paraná, por meio do Núcleo de Londrina do Gepatria.

Acesse  site: http://click.mppr.mp.br/noticiasmppr